Ponto do Caboclo Roxo

domingo, 7 de novembro de 2010

AUTO DA PREGAÇÃO DO UNIVERSO

É bom dançar, enfeitar-se
E tingir-se de vermelho;
De negro as pernas pintar-se
Fumar e todo emplumar-se,
E ser curandeiro velho.

Enraivar, andar matando
E comendo inimigos,
E viver se amancebando
E adultérios espiando (…)

trecho da obra teatral de
José de Anchieta, 1561